Notícias

  • Home
  • /
  • Notícias
  • /
  • Vacina: a necessidade de estar em dia com a carteira de vacinação do seu filho
Vacinação

Vacina: a necessidade de estar em dia com a carteira de vacinação do seu filho

Por Probaby 20 set 2018

A vacinação está no topo das dúvidas que mais acometem os pais durante a infância dos seus filhos. A preocupação com o bem estar da criança, faz com que muitos questionem a quantidade de vacinas a serem aplicadas, assim como a garantia de que, de fato, os seus filhos estarão imunizados. O receio é normal, visto que a chegada de uma criança traz consigo uma infinidade de questionamentos aos pais de primeira viagem. Porém, nada melhor do que conhecer sobre o assunto para sanar essas dúvidas.

As vacinas são os principais defensores que possuímos para a proteção de doenças infecciosas, normalmente causadas por ação de vírus e bactérias sobre o nosso organismo. Ao longo das décadas inúmeras doenças foram erradicadas, graças à eficácia da vacinação. Durante todo o período gestacional a criança está abrigada e protegida no útero da mãe de toda ação externa de vírus e bactérias. A partir do momento do seu nascimento, a amamentação é a principal responsável por levar até a criança a proteção que o seu organismo precisa. Porém, a amamentação não substitui a vacinação.

Embora o aleitamento materno ajude o sistema imunológico do bebê, não tem potencial para livrá-lo do poder dos germes causadores das principais doenças na infância. A quantidade de campanhas de vacinação demonstra o quanto é fundamental para o desenvolvimento saudável da criança que a mesma esteja com a sua carteira de vacinação em dia. Muitos pais têm receio dos efeitos colaterais que podem surgir após a aplicação da dose da vacina, porém, a maioria deles são reações comuns e que não trazem perigo. Normalmente desaparecem nas primeiras horas e não prejudica em nada a saúde da criança.

O motivo pelo qual a vacinação é incentivada na infância é, justamente, pelo fato de ser o período da vida no qual a defesa imunológica ainda está em processo de formação. Sendo assim, torna-se necessária a proteção cada vez mais cedo.  Alguns pais questionam a necessidade de aplicação de vacinas, nas quais as doenças já foram totalmente erradicadas do país. A realidade é que para que a erradicação permaneça é fundamental que mantenha-se a vacinação. Dessa forma, brechas não são abertas para que o vírus volte a agir na sociedade.

É fundamental que os pais compreendam a importância da vacinação para o desenvolvimento saudável do seu filho. Não existem meios alternativos de combater vírus e bactérias que dispensem a imunização através da vacina. Dessa forma, a melhor atitude de proteção que se pode ter para uma criança é estar atento à sua carteira de vacinação e mantê-la em dia.